terça-feira, 29 de julho de 2008

Pai aos 37 anos.

Pois é, hoje faço 37 anos e tomei a liberdade de fazer este post no blog do João Pedro porque na verdade esse é o maior presente que a vida poderia me dar.
Me lembro que antes de passar pela gravidez ouvi muito uma retórica comum das pessoas dizendo "colocar um filho neste mundo é complicado". Hoje quando ouço isso, tenho uma visão completamente oposta. Logo penso, como posso contribuir por um mundo melhor e chego a conclusão que o melhor a fazer é não só preparar o meu filho para o amanhã, mas acima de tudo orientá-lo e tentar fazer com que ele possa naturalmente já ser uma contribuição para um mundo melhor.
Criar uma criatura que faça o bem, que valorize as pessoas, que ajude-as quando possível, que esteja disposta para compartilhar, que contribua para o crescimento alheio, mas acima de tudo que distribua positividade e ser um cara "muito gente boa". Pois isso é importante e nos tempos dele será ainda mais.
Me sinto hoje próximo dos quarenta, sinto o latente paradoxo entre a responsa paterna e a meninice que me faz vivo no dia-a-dia.
Enfim, hoje sou o que sempre fui, domado pela chama jovem da vontade de mudar todos os dias e acima de tudo uma alma que sempre almeja o equilíbrio do espírito velho e da alma jovem. Que assim Deus me conserve, cheio rugas de tanto rir e festejar.
Obrigado por tudo que sou, parte de uma família maravilhosa e o início de uma nova.

4 comentários:

Gi disse...

parabéns ric! deus abençõe você e sua família linda!
família é tudo, com o amor que vocês têm o joão pedro já é uma das contribuições para nosso planeta mehorar! presentão hein!

liliavarzea disse...

Parabéns meu querido pelas coisas lindas que vc escreve e que vem do seu coração. Tenha a certeza de que vindo de vcs o pequeno João Pedro vai sem dúvida ser uma pessoa íntegra como o pai.
Te amamos

liliavarzea disse...

Parabéns meu querido pelas lindas palavras que vc sempre escreve e eu sei vem sempre do seu coração.
Tenha a certeza que tendo vcs como exemplo ele será um ser especial.
Vc sempre me emociona com seus escritos. Parece até meus filhos equando escrevem alguma coisa.
Um grande beijo.

Gi disse...

sonhei com vocês na segunda-feira. eu chegava na porta da casa de vocês, lili estava brincando com João Pedro e uns bichinhos de pelúcia, o Ric vinha me receber. só isso. foi muito agradável.